"Se as coisas fossem mães"-Dia das Mães


Hoje trago uma dica de livro para falarmos sobre o Dia das Mães com as crianças. De uma forma bem poética, Sylvia Orthof tenta traduzir através de imagens(objetos e fenômenos da natureza) o tamanho do amor de mãe!

Para as mamães, sugiro a leitura do livro e para os professores, um trabalho de leitura e escrita, com a ilustração das próprias crianças.

"Se a lua fosse mãe, seria mãe das estrelas,
o céu seria sua casa, casa das estrelas belas.
Se a sereia fosse mãe , seria mãe dos peixinhos,
o mar seria um jardim e os barcos seus caminhos.
Se a casa fosse mãe, seria a mãe das janelas,
conversaria com a lua sobre as crianças estrelas,
falaria de receitas, pastéis de vento, quindins,
emprestaria a cozinha pra lua fazer pudins !
Se a terra fosse mãe, seria a mãe das sementes,
pois mãe é tudo que abraça, acha graça e ama a gente.
Se uma bruxa fosse mãe,
seria mamãe gozada:
seria mãe das vassouras, da Família Vassourada !
Se a chaleira fosse mãe ,
seria a mãe da água fervida,
faria chá e remédio
para as doenças da vida.
Se a mesa fosse mãe,
as filhas, sendo cadeiras,
sentariam comportadas,
teriam "boas maneiras".

Cada mãe é diferente :
mãe verdadeira, ou postiça,
mãe vovó , e mãe titia,
Maria, Filó, Francisca.
toda mãe é como eu disse.
Dona mamãe ralha e beija,
erra, acerta, arruma a mesa,
cozinha, escreve, trabalha fora.

As ilustrações são de Ana Raquel.
Editora Nova Fronteira

Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. Melissa, que lindo! Mas gostaria de ressaltar que tenho admirado cada vez mais o trabalho que vc faz. É uma professora dedicada. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, adorei o poema...
    uma graça mesmo!
    beijao
    Lele

    ResponderExcluir
  3. OI Melissa, muito lindo o poema. Muito legal pensar que tudo poderia ter uma mãe.
    Um Feliz Dia das Mães para você.
    beijos
    Chris

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!!
Deixe sua mensagem, dúvida ou opinião, que ficarei muito feliz em responder!