Adaptação na creche


Olá mamães! Hoje vamos falar sobre adaptação dos nossos pequenos na creche. Sei que é um momento tenso, traz aquela angústia, carrega aquela famosa "culpa de mãe", mas a entrada na creche deve ser encarada com a maior segurança possível.
Lembrem-se que a sua ansiedade, seu medo pode ser passado para o bebê ou para a criança. A primeira coisa é encontrar uma creche que te conquiste o coração...um lugar onde você sinta tranquilidade, onde você percebe que os funcionários e crianças são felizes. Não adianta escolher a creche top, com um milhão de recursos, com turmas super lotadas se isso não te deixa segura. Escolha com o coração!
Sei que por mais que as professoras e a equipe escolar fazem de tudo para tranquilizar as mamães, esse momento é recheado de emoções!
O período de adaptação normalmente é de uma semana, mas isso não é uma regra fechada, varia muito, algumas crianças ficam muito bem logo no primeiro dia, outras demoram mais de duas semanas. Percebo claramente que o sucesso da adaptação depende da postura de quem está adaptando, se você demonstra sofrer a cada choro, a criança sente! Se você deixa a professora pegá-la e se afasta com segurança,ela sente que você está confiando naquela pessoa.
Os primeiros dias são para a criança criar um vínculo com as educadoras, enquanto isso não acontece é importante que a mãe permaneça na escola, pois a cada momento de choro ela aparece para dar segurança. A criança não deve achar que foi largada ali, com pessoas estranhas e em um lugar totalmente desconhecido! E quando digo choro, não é aquela resmungadinha, é aquele choro que as tias já tentaram de tudo para distrair e mesmo assim a criança continua chorando. Lembrem-se que as educadoras são capacitadas para essas situações e irão usar todos os artifícios para distrair a criança.
É bom saber que a adaptação do bebê de 3 a 24 meses a uma escola dependerá mais da atitude do pessoal docente e dos cuidadores do que do bebê. Ele não sabe que vai à escola, mas o pessoal da escola deve estar preparado para recebê-lo. Além disso, este trabalho de preparação deverá ser compartilhado com os pais do bebê.
Nessa fase inicial, aconselhamos que as crianças fiquem pouco tempo na creche, no máximo duas horas, como elas não têm noção de tempo ainda, essas duas horas irão parecer uma eternidade, e se ela ficar um tempo além da conta, pode ser que no dia seguinte ela nem queira entrar na escola. Paciência é a palavra-chave. O tempo de permanência durante a semana de adaptação vai aumentando gradativamente e de acordo com a evolução da criança.

Uma adaptação feita nestes moldes ajuda a criança e os pais a se adaptarem de uma forma lenta e gradual, diminuindo assim a ansiedade de ambos.
A adaptação dos pais é mais difícil que a das crianças, ou seja, uma criança habitua-se mais facilmente à separação da figura parental do que os pais à separação dos filhos. Isso acontece principalmente no berçário, os bebês não costumam estranhar, eles ficam muito bem se tiverem com a fralda limpinha,com a barriga cheia e um colinho bem aconchegante.Costumo dizer que o período de adaptação no berçário é mais para a mamãe do que para o bebê!
  
E com vocês, como foi a primeira vez dos filhotes na escolinha?
Comentários
19 Comentários

19 comentários:

  1. Nossa eu passei por isso 3X!!! E nas 3 foi complicado. Mais para mim do que para elas!!!
    BJKS

    ResponderExcluir
  2. Esse assunto e muito complicado.. E adorei esse post..
    Sou professora e mãe..
    Eu já passei por isso e não é fácil..
    Estou te seguindo, adorei..
    Beijos

    www.umaboamae.com.br

    ResponderExcluir
  3. Aqui em casa essa fase ainda não chegou e vai demorar um pouquinho... pretendo levar a Isa para a escola só quando ela tiver 4 anos, temos um tempo ainda...

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Esse ano a Lara vai pra escolinha. Estou ansiosa pra saber como ela vai reagir!

    ResponderExcluir
  5. A mãe tem que passar segurança, foi assim que me falaram. Na época acredito eu que passei até demais porque quando na hora da saída a Ingrid chorava para ir embora
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Acho que a adaptação dos pais é a mais complicada mesmo! Biel vai para a escola agora com dois anos, e meu coração já está apertado um mes antes! obrigada pelas dicas! Vou passar por isso!
    Abraços!
    www.20minutospratudo.com.br

    ResponderExcluir
  7. Aqui a adaptação das meninas foram super tranquilas a Julia nem queria voltar pra casa, a Sofia chorou um pouco nos primeiros dias mas depois passou!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Eu já passei por essa fase e sei o quanto é difícil e dolorido para ambos.
    Mas é só no inicio a dificuldade, depois tudo se acerta!
    Bjinhos.
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  9. A escolha da creche é essencial tem que conquista mesmo as mamães
    ainda não sei se a pequena vai para a creche ou escolinha
    pois to querendo adiar ainda mais minha
    volta ao trabalho

    Linda Noite
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  10. Oiiii, Ainda não sou mãe mas esse momento de deixar o filho na creche deve ser muito difícil pr ambos, tanto pr a mãe qto pr o filho. Mas com o tempo os dois vão se adaptando a rotina e se acostumando.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. É como falou... É mais difícil pra nós.
    Aqui foi uma semana de choro... Joseph tinha dois aninhos... Ano passado foi mais tranquilo.
    Temos q passar segurança e muito amor pra superar mais este desafio. Bjs

    ResponderExcluir
  12. Essa fase é bem complicada mesmo,mas tudo vai se ajeitando com tempo
    bjcas
    www.estou-crescendo.com

    ResponderExcluir
  13. Esse momento de adaptação tanto pra nós quantos pros pequenos num é fácil..
    Esse ano vou colocar meu pequeno na creche,mais confesso que já estou com meu coração apertado.

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Adorei sua dicas Mel, mas não conseguiria colocar um filho na creche, a não ser de extrema necessidade... Mesmo porque, não troco o carinho, atenção e educação dos pais por nada nesse mundo... Nem a melhor creche, babá ou avó, consegue dar o que a criança precisa na primeira infância, que é o amor e carinho dos pais...
    Mas adorei suas dicas, meu Vitinho vai esse ano na escola, porque ele já completou 4 anos, porém sei que mesmo ele sendo grande, vai precisar se adaptar com certeza, mas estou confiante que será bem tranquilo.
    Bjs
    Ju
    http://www.maesemfronteiras.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Esta fase é complicada tanto para criança qto para mãe, lembro do 1º dia que meu filho foi para escolinha com 2 aninhos eu entrei em casa e chorei o dia todo! Mas no fim tudo dá certo e eles se adaptam melhor do que a gente! Bjs

    ResponderExcluir
  16. Muito bom seu texto. Meu filho vai para escola agora, já com 3 anos e 10 meses... Acredito que vai ser tranquilo, pois já entendi melhor as coisas. Obrigada. Flávia

    ResponderExcluir
  17. Olha eu acho que sofri muito mais que ele. Com certeza a segurança ajuda muito.
    Os primeiros dias foi de choro, depois ele ficou bem. Depois regrediu, mas estou confiante para ida para o pré, acho que vai ser mais fácil. Assim espero. Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
  18. Como pedagoga, adorei o texto! É isso mesmo, se papai e mamãe não estiverem tranquilos, as crianças sentirão isso. Vamos com calma e juntos :D

    ResponderExcluir
  19. Bom, não tenho filhos ainda, mas vi o sufoco que minha mãe passou com o meu irmão nessa época... já sei o que me aguarda hehe.Bjos.

    www.jessalem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!!
Deixe sua mensagem, dúvida ou opinião, que ficarei muito feliz em responder!