É da nossa conta! BC Educação e Trabalho Infantil

Quando vi o tema dessa Blogagem Coletiva, me veio na memória algumas histórias nas quais eu tentei mudar o mundo...Sou professora e acho que é um pouco mania da profissão acreditar na transformação, acreditar num mundo melhor, onde todas as crianças estão na escola e estão aprendendo!
E eu, aos 20 e poucos anos, como vice-diretora/diretora de escola pública, tinha esse sede de mudança! Foram tantos casos de #trabalhoinfantil , crianças que faltavam a escola para ajudar a família, nas ruas,catando latinha ou vendendo CD pirata! 
Imagem daqui

Não era simples fazer com que a família entendesse que a escola era mais importante...afinal eles precisavam correr atrás de seu sustento. Lembro de uma família, eram uns 7 filhos e  eles sempre faltavam...Eu e a diretora, preocupadas com a ausência das crianças, fomos conversar com a família. Foi horrível, saímos de lá arrasadas e ainda fomos ameaçadas de morte. O pai dizia: "Os filhos são meus e quem sabe o que é melhor pra eles sou eu!".

Essas histórias me faziam perder o sono, ficava tentando encontrar uma forma de ajudar! Criamos então uma oficina de reciclagem, eu mesma ensinava as crianças a construir algo...eles gostavam, frequentavam, mas não adiantava muito, eles continuavam faltando para trabalhar nas ruas! O município tinha parceria com o Conselho Tutelar e eles eram sempre chamados quando as nossas conversas com a família, não davam certo! 

A escola oferecia futebol, aula de fanfarra, oficinas de reciclagem, tudo pensando em atrair as crianças. Acredito que além das escolas oferecerem tempo integral para os alunos, esse tempo deve ser de qualidade e com pessoas preparadas para isso. Na Educação Infantil devem priorizar a brincadeira, o lúdico e no fundamental devem oferecer aulas de Inglês, culinária, Artes e Informática.  Algumas escolas em tempo integral que conheço funcionam até as 16 horas. Elas deveriam estender mais seus horários, imaginem uma mãe que trabalha até as 18 horas? Como ela faz para pegar seu filho as 16:00 h? Vejo muitas mães que pagam para outra pessoa buscar a criança na escola e ficar com ela até a noite.

Imagem Promenino
Também devem oferecer algo para os pais perceberem que é melhor a criança na escola, aprendendo e se preparando para o futuro, do que nas ruas, trabalhando ou pedindo dinheiro nos sinais. Já percebi que muita coisa mudou nesses 20 anos, as famílias estão valorizando mais a educação, mas ainda temos um caminho muito grande para percorrermos! Queremos TODAS as crianças na escola!E queremos escolas de QUALIDADE! Só assim ganharemos a luta contra o #trabalhoinfantil!

*Enquanto eu escrevia esse texto Bia veio me contar que também estava estudando sobre o trabalho infantil na escola e que assistiu um vídeo que mostrava as crianças trabalhando! Eu perguntei o que ela achou disso, ela respondeu: "Eu fiquei triste mãe, muito triste porque criança tem que brincar, tem que estudar!".
 








Comentários
18 Comentários

18 comentários:

  1. Concordo com tudo que mencionou em seu texto e também acho que lugar de criança é na escola e que elas deveriam sim oferecer algo a mais. Mas vejo que tá cada vez mas difícil essa questão.
    E nisso a infância vai se perdendo, as crianças sendo escravizadas e tendo seu direito tirado de cruel. Carlah Ventura - Intensa Vida

    ResponderExcluir
  2. Também concordo, lugar de criança é na escola aprendendo e brincando e não trabalhando.

    Bjs
    SouMãe

    ResponderExcluir
  3. Mel, me vi no seu lugar (porque eu apoiei como voluntária meninos de rua em Curitiba aos vinte e poucos), mas ao mesmo tempo, juro, não sei como você conseguiu persistir. Parabéns por ter insistido tanto e por ser esta pessoa maravilhosa! :)

    ResponderExcluir
  4. Triste realidade! Seria um sonho realizado ver todas essas crianças na escola, e que as escolas sejam melhores, que os professores sejam mais valorizados!
    Um dia chegamos lá!
    Abraços!
    www.pipocasemaquarela.com

    ResponderExcluir
  5. Sem dúvida criança tem que está é na escola, texto bem reflexivo.
    Mais a realidade em muitos lugares infelizmente não é essa.

    beijos

    www.maeparasempre.com

    ResponderExcluir
  6. Um absurdo sem tamanho ... denunciei uma vez perto da minha casa no nordeste ... e a pessoa foi presa .. eu heim ... a gente precisa fazer nossa parte!

    ✿*´¨)*
    ¸.•*¸.• ✿´¨).• ✿¨)
    (¸.•´*(¸.•´ Roberta Aquino
    Tal Mãe, Tal Filha Blog


    ResponderExcluir
  7. Realidade terrível, meu pais passaram por isso, mal puderam estudar para poder ajudar em casa.
    Beijos
    Adri
    www.mamaesfacilidadesedcias.com

    ResponderExcluir
  8. Com certeza lugar de criança é na escola e não trabalhando e sim brincando
    bjcas
    http://www.estou-crescendo.com/

    ResponderExcluir
  9. Amiga é muito triste, mas vemos tanto por aí... crianças que não vivem a sua infância e logo trabalham...
    Bia está certíssima tarefa de criança é estudar e brincar
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Acho que aqui no Brasil deveria ter ensino entegrado onde as crianças aprende jardinagem, cozinhar etc.. ia ser bem legal.Ótimo post bjsss

    ResponderExcluir
  11. A criança precisa ser bem alimentada e bem tratada, com muito amor e carinho.
    Criança tem que estudar e brincar, ser feliz em tempo integral!
    Bjinhos.
    http://prosaamiga.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Lugar de criança é na escola. Mas infelizmente a desigualdade em nosso país estão roubando esse direito das crianças.
    Bjks
    www.maevaidosa.com

    ResponderExcluir
  13. Que triste realidade, muitas crianças ainda deixam de estudar para ajudar aos pais!! Acredito que os pais tem que pensar e ver que o lugar das crianças são na escola, que com a educação eles conseguiram mudar de vida!!

    Beijos,bom final de semana!!

    ResponderExcluir
  14. Me dói só de ver essas imagens de crianças exploradas.
    Essa realidade que assola nossas crianças trará um reflexo triste para o nosso futuro =(

    ResponderExcluir
  15. que legal ver sua luta, educação realmente é transformação e em TUDO! Adorei ler seu relato e me encantei ainda mais por você! Bjos
    Tatty Nunes - Mãe de Primeira Viagem

    ResponderExcluir
  16. Muito triste a realidade dessas crianças...e de verdade nem se se tem solução do jeito que o pais anda...

    ResponderExcluir
  17. Super te endendo Mel, pois quando educadora do ProJOvem Adoelscente passei por situações parecidas. É um trabalho de formiguinha, mas acredito muito que com o envolvimento de toda a sociedade poderemos mudar esta realidade. Parabéns pela iniciativa da sua escola.

    ResponderExcluir
  18. É muito triste saber que não podemos mudar o mundo, o triste é que esses pais até queriam que seus filhos tivessem uma vida melhor do que a que eles tiveram, mas não tem oportunidade para isso, por isso tanta pessoas votaram no atual governo, não com medo da mudança, mas com medo da perda do bolsa família... :(

    www.achochic.net

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!!
Deixe sua mensagem, dúvida ou opinião, que ficarei muito feliz em responder!