Gordinho não...meu filho é forte




Falou de alimentação, o que qualquer mãe pensa?
Meu filho não pode sentir fome!
Bem, pelo menos comigo foi assim.
Só de pensar que o Vicente podia sentir um pouquinho de fome, já me desesperava. E assim foi, quando amamentava, era ele fazer nhé, lá ia eu colocar ele pra mamar no peito, depois com as papinhas, seguia a risca os horários, meu Deus, corria pra ele não demorar pra jantar, no máximo as 18h30 ele já estava com a barriguinha cheia.

E ele não me deu nenhum trabalho para comer, sempre com alegria, comemorando cada colherada, e nós felizes, afinal, ele come muito bem e tudo da melhor qualidade, coisas saudáveis, papinhas sem sal e deliciosas (que a vovó faz, maravilhosamente mais gostosas que as da mamãe aqui) e frutas, muita fruta, ele ama e como mesmo diz quando come uva ou manga: hummmm, qui dilicia mamãe!

Ver o Vicente comer, sempre nos trouxe muita alegria.

Bem, até que de um tempo pra cá, as consultas na pediatra começaram a nos preocupar, o nosso pequeno BamBam estava ficando muito acima do peso, a pediatra foi se preocupando e a família ficando indignada, como assim, gordinho não, ele é forte!!!

E assim foram as últimas consultas, tensas, até que chegamos ao limite, há dois meses a médica acabou com a farra da uva. Nosso menino forte, estava proibido de exageros. E eu, já pode imaginar como me senti, sim, eu era a pior mãe do mundo! Não entendia, como uma criança, que não come praticamente nada industrializado, não come guloseimas, chocolates, nada de porcaria, poderia estar assim, tão acima do peso. Meu Deus, onde foi que eu errei???

Dai, lá fomos nós, falar na escola e entender se tinha alguma coisa errada, tinha sim, ele repetia duas, três vezes o papá, então cortamos as repetições, em casa a mudança foi mais radical, nada de frutas calóricas, uva, não tinha como dar, ele queria dois, três cachos, então cortamos! Biscoito de polvilho, ahhh, é tão levinho, todo mundo come, pois é, cortamos também, e a primeira semana de mudança foi dolorida, ele pedia a uva pra todo mundo, se duvidar, até pra quem estivesse passando na rua, tadinho do meu menininho, chorava a mãe, a vovó, o papai, todo mundo sentindo a mudança, nós sofremos, mas sabíamos o quanto essa atitude era importante pra ele.

Em uma semana ele já estava mais fininho, e entendendo que tudo tem limites, inclusive a vontade de comer. E nós, principalmente eu, percebi que ele não ia morrer de fome, que dava pra segurar, que estava tudo bem, ele ia ficar ainda melhor. Na segunda semana ele já não pedia mais para repetir e já não lembrava mais da uva, o furação tinha passado e levado o exagero embora.

Hoje, depois de dois meses, voltamos a pediatra, não vou negar que mesmo sabendo que tínhamos feito o melhor, estava muito tensa, com medo de não ter nenhum resultado positivo, eis que chegou o momento, fomos pra balança e pronto, o peso saiu do Vicente e das minhas costas, nós conseguimos, ele entrou na normalidade, ele voltou pra curva.

E eu chorei, agora de felicidade, por saber que podemos seguir assim, sem exageros e sem sofrimento. Meu menininho grandão, fortão e muito saudável, graças a Deus!!!

Comigo foi assim, e com você? Já teve problemas com a alimentação do seu pequeno?

                                                                                                    Sabrina Machado
Comentários
17 Comentários

17 comentários:

  1. Que bom que já esta dando resultados. Aqui eu tbm, no primeiro chorinho já vou dando o peito.
    Beijos
    Adri

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que coisa... também me preocupo com a peso da minha baby e a pediatra também. Temos que ficar de olho no que estão comendo.

    bjs,
    www.soumae.org

    ResponderExcluir
  3. Sempre fui neurótica com alimentação do Lucas, mas ainda bem que ele nunca esteve fora do peso nem para mais e nem para menos. Que bom que vocês conseguiram reverter.

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Tem que ter muito cuidado, não precisa de paranoia, mas vigiar é bom bjo

    ResponderExcluir
  5. Sabrina que bom saber
    que hoje é de alegria que chora
    é tão bom vermos nossos resultados né
    com os pequenos dando certo parabéns

    Linda Noite
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  6. Por aqui a Luma sempre foi grandinha mesmo
    Sempre acima do peso
    Mas nem uva comia rss
    Bjus
    http://segredosdaluma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Nossa, voce agiu certo e rapido. Sabia que 2/3 das cirancas do brasil estao acima do peso ou com obesidade? Esse papo eh muito serio. Bolachas e biscoitos nao sao para comer a toda hora e repetir 3 vezes o prato nao nao nao. Ainda bem que voce soube fazer o certo na hora certa.

    ResponderExcluir
  8. Porque que toda mãe é igual?
    A gente sempre está preocupada com a alimentação deles.
    Muitas vezes deixamos de cuidar da gente, mas nunca perdemos a hora deles.
    Bjinhos.
    http://prosaamiga.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ai quanta gostozura. Lindão.
    eu também me preocupo muito com a alimentação da minha filha, obesidade infantil esta pegando demais


    Beijos
    Geri Ferreira
    www.encantodemeninablog.com

    ResponderExcluir
  10. Alimentação é super importante e devemos observar tudo! Mas que bom conseguiu voltar para o peso certo! Bjos
    Tatty Nunes - Mãe de Primeira Viagem

    ResponderExcluir
  11. Sempre cuidei da alimentação dos meus filhos refrigerante e doces nem pensar.
    Agora que são grandinhos rsrsrsr eles são o que fazem mal e bem pra manter a forma.
    bju

    ResponderExcluir
  12. ehhh, Davi também é assim, um belo saudável!
    Lindo seu fofucho!

    ResponderExcluir
  13. O Rafa é bem grandinho, mas estou sempre de olho na alimentação dele
    bjcas
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Imagino sua tensão, a gente sempre acha que ta fazendo o certo né, mas as vezes a vida nos joga um balde de água fria! Que bom que ele está bem e que vcs conseguiram superar isso!
    Em casa a Lara sempre foi meio chata pra comer, então nunca tivemos problemas com sobrepeso.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Devemos sempre ficar de olho na alimentação de nossas crianças. Por aqui o problema são os salgadinhos e doces que já estamos cortando.
    Bjks
    www.maevaidosa.com

    ResponderExcluir
  16. Já foi o tempo que era bonitinho .. agora é preocupante ...
    tb morro de medo da Luma ficar assim ... fazer atividades como judô , capoeira, ballet etc ajuda!

    ✿*´¨)*
    ¸.•*¸.• ✿´¨).• ✿¨)
    (¸.•´*(¸.•´ Roberta Aquino
    Tal Mãe, Tal Filha Blog

    ResponderExcluir
  17. Que bom que conseguiram mudar cedo, infelizmente acontece muito. Aqui ele sempre vou na média, quando bebê era mais gordinho, mas dentro da curva.
    Aqui ele adora um doce e salgadinho, mas ando diminuindo drasticamente, e falando que o melhor. Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!!
Deixe sua mensagem, dúvida ou opinião, que ficarei muito feliz em responder!