Hiperativo, agitado ou mal educado?





Escuto muitas mamães falando: "- Nossa,meu filho é hiperativo, não para um minuto!" ou professor reclamando: -"Tal aluno é agitado demais, não se concentra por mais de 20 minutos!".

A criança nos primeiros anos de vida tem um mundo para ser descoberto e é incapaz de permanecer muito tempo em uma única atividade e isso não é problema nenhum. De acordo com o amadurecimento do sistema nervoso central, aos poucos a criança consegue melhorar sua capacidade de concentração e conseguir se dedicar a tarefas mais longas, isso acontece lá pelos 5-6 anos de idade e como todo processo de desenvolvimento, cada criança tem o seu ritmo!

Nem toda criança agitada e impulsiva é hiperativa. Infelizmente está havendo uma banalização da hiperatividade. O professor se depara com um aluno mais rebelde ou até mesmo desinteressado e já dá o diagnóstico! As famílias já correm para um médico e solicitam medicação para "acalmar" a criança.

Também está havendo uma confusão muito grande entre ser hiperativo e ser mal-educado. Muitos pais preferem fugir das regras e limites e simplesmente rotular como hiperativo!

Muito cuidado, segundo o psiquiatra Francisco Batista Assumpção, a hiperatividade tem causas biológicas e se relacionam com disfunções na área pré-frontal do cérebro(responsável por algumas atividades intelectuais) e a distúrbios na produção e recepção da dopamina, um neurotransmissor estimulante do sistema nervoso.

Fica a dica! 





Estamos no facebook também! Vem curtir a nossa página: Pérolas da Bia e mais histórias de mãe!

Comentários
10 Comentários

10 comentários:

  1. Poxa, adorei. Sou estudante de psicologia e sei o quanto alguns pais e infelizmente alguns profissionais da área estão banalizando a hiperatividade e simplesmente intupindo crianças com remédios quando elas se apresentam agitadas "demais" para o gosto dos pais, quando na verdade elas estão sendo apenas crianças!
    Parabéns pelo post!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. verdade amiga existe diferença sim
    e muitos pais estão muito relapso a educar seus filhos vejo cada situação
    que me deixa nervosa
    Nanda
    beijokas
    Linda tarde

    Sendo a mãe da Isa e da Gabi
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  3. Realmente existe grande diferença entre a criança ser hiperativa, agitada e mal-educada.
    Os pais devem observar melhor seus filhos e verificar se o problema dele não está vindo de dentro de casa da forma como está sendo educado e não entupir de remédios. Adorei a postagem. Beijos

    www.prioridadedemae.com

    ResponderExcluir
  4. Minha irmã tbm achava que eu sobrinho era hiperativo, mas ele é só uma criança com mta energia para gastar!
    bjcas
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

    [

    ResponderExcluir
  5. Agora fiquei na duvida se a minha é imperativa ou mal educada. vishi e agora.
    Bjus

    Encanto de Menina
    http://geriencantodemenina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Por isso que eu não gosto de rotulos e nem (pre) conceitos.
    Hoje em dia tudo é voltado para algum transtorno, principalmente na fase escolar.

    ResponderExcluir
  7. Aqui em casa a Dri é super agitada, já cogitei a hipótese de ela ser uma criança hiperativa
    mas com o crescimento dela, vejo que estava enganada e é somente uma fase.

    Adorei o post!
    Bjos enormes
    http://amaedadrii.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. uma coisa é fato o importante é separar as coisas.
    percebo assim mesmo existe uma confusão danada a respeito desse assunto que acabou virando moda e rotulando tudo como hiperatividade.
    temos que ficar atentos e impor limites sempre.
    bju

    ResponderExcluir
  9. Que belo post amiga .. bom pra gente mãe tb as vezes não ficar rotulando outras crianças a toa etc... bom mesmo saber mais .. obrigada! Bjs

    Roberta & Luma
    Diário de uma Princesa

    ResponderExcluir
  10. OI Melissa, realmente esses três conceitos estão sendo muito confundidos e o pior é quando se usa medicação desnecessária na criança.

    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!!
Deixe sua mensagem, dúvida ou opinião, que ficarei muito feliz em responder!