Independente demais

Sim, sou uma mãe super coruja e extremamente neurótica, mas guardo isso pra mim, nos meus pensamentos e não deixo transparecer os meus medos todos para Bia. Fui uma criança muito tímida e um pouco insegura e não quero que ela seja assim. Sempre tento educá-la para ter atitudes e jamais deixar-se ser humilhada e ficar remoendo sentimentos.Quero ajudá-la a construir uma personalidade forte e bem resolvida!
Enfim...acho que estou conseguindo!

 
Me surpreendo a cada instante ao ver como a Bia é bem-resolvida e independente.Ela não deixa barato, se algo acontece e ela não está satisfeita, ela corre atrás do prejuízo...pode até chorar, mas resolve seus conflitos!
Outro dia, ao sair da escola logo que me viu, abriu o bocão pra chorar! Tinha brigado com a melhor amiga dela! Na porta mesmo ela começou a expressar toda a sua tristeza e raiva para a amiga, nisso as duas se abraçaram e uma pediu desculpas para outra e não se tocou mais neste assunto!Continuam super amigas! 

No começo do ano, Bia passou por uma experiência muito chata, que se ela não tivesse uma total confiança e fosse uma criança insegura, poderia ter sido um trauma: Um adulto começou a brigar com ela pois a filha disse que a Bia jogou água nela...imaginem, um ignorante gritando com a minha filha...GrazaDeus eu não estava perto(quer dizer, sofri por isso, por não estar ao lado dela) nem sei o que eu iria fazer se tivesse visto isso!! Ela ficou triste e chorou(eu também) mas isso não fez a mínima diferença na vida dela. Hoje quando conto esta história, damos risadas juntas...e agora ela sabe que existe gente deste tipo no mundo!

Ontem na escola dela aconteceu o Sarau Literário com uma feira de livros...durante a semana ela escolheu um livrinho que era para a gente comprar e assim que chegou na exposição, ela foi atrás da vendedora e falou o que queria, fez todos os vendedores procurarem o livro escolhido por ela e ainda reclamou pois disseram que o livro estaria reservado (eu bem quieta só observando a movimentação...rsrsr). Não achavam o livro e queriam que ela levasse outro...nada feito!! Chegou a hora da apresentação e tivemos que correr...passa um pouco chega a vendedora atrás de mim, dizendo que haviam achado o livro! Procuraram até encontrar!

É...ninguém faz hora com a minha filhota!

1ª) Sempre que puder, diga a seu filho o quanto ele é amado. Ainda que ele não tenha sido planejado, pense que ele não tem culpa disso e, como todo ser humano, precisa do seu amor e carinho em qualquer situação;
2ª) Avalie seu grau de exigência. Há pais que criam os filhos como se eles sempre estivessem devendo. Tome cuidado;
3ª) Evite colocar-se como modelo de perfeição. Os filhos crescerão com o sentimento de que nunca estarão à altura dos pais;
4ª) Cumpra sua missão de pai ou mãe, mas não transforme seus filhos em devedores emocionais. A paternidade e a maternidade responsáveis exigem o cumprimento de determinados deveres e o filho não tem culpa disso;
5ª) Elogie seu filho sempre que ele merecer. São palavras que, na hora certa, validam e dão todo o apoio que ele precisa para seguir adiante e tornar-se um adulto equilibrado e feliz.




Comentários
20 Comentários

20 comentários:

  1. Mel, que linda! Deve ser uma sensação maravilhosa ver a Bia crescer assim tão segura de si, capaz de tomar a frente para resolver os próprios problemas sempre na proporção que a idade dela permite!
    Ela é uma criança linda, encantadora, inteligente e extremamente cativante!

    Aqui a Bia anda numa fase de "não consigo", pra tudo ela fala que não consegue! Ela ainda é pequena e sei que ela se snete insegura com algumas coisas e é natural, mas acredito que se simplesmente ignorarmos, isso acaba se estabelecendo na personalidade dela de uma forma ou de outra! Sei que é muito de preguiça também, mas tem coisas que ela faz uma vez e diante do insucesso já começa a chorar e dizer que não consegue! Temos trabalhado isso com ela! é trabalho de longo prazo e espero ver resultados no momento certo!

    Beijocas minhas e da Bia!

    ResponderExcluir
  2. Esqueci de comentar! Que pessoa idiota essa que foi brigar com a Bia pra tomar as dores da filha! Argh! Nem quero me imaginar perto tb! Fico com raiva só de pensar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois te conto...você pode imaginar o ódio mortal que tenho desse ser!!Bjkas e obrigada pelo coments

      Excluir
  3. Como fico orgulhoso de ter uma filha que sabe o que quer, tao alegre e bem resolvida. Ainda mais tendo uma mae tao presente, inteligente e atenciosa. Melhor ainda amar e ser amado por voces duas. Agradeco a Deus pelo presente que me deu ao coloca las no meu caminho. Amo voces de todo meu coracao.

    ResponderExcluir
  4. Não tenho nem palavras pra dizer o quanto eu me orgulho dessa menina linda, cheia de atitude!!! A Bia é uma criança especial que quer fazer o bem e se relaciona com o mundo de uma forma diferente!!! Eu amo demais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E em alguns momentos ela parece com a dinda...vai, briga e resolve!Amo vcs!

      Excluir
  5. Que linda sua filha!!! Forte, inteligente, com personalidade ... Parabéns!!! :)

    ResponderExcluir
  6. Nossa, eu acho q criar um filho com boa autoestima é, junto com uma boa educação, o melhor legado q um pai ou mãe pode deixar, sabia?
    Gostei das 5 dicas!
    E achei fofo o comentário do Cristiano, que graça de família!
    bjs
    Carol
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  7. Que linda, a gente nem percebe mas eles amadurecem muito rapido mesmo! Adorei seu post, principalmente as dicas no final, tenho um bebe pequeno e faço questão de elogiar as boas ações por mais bobas que sejam mas fazer com que o que pé legal seja elogiado faz muito bem!!!



    Keka (Mami Hard Rock)
    #amigacomenta http://testdrivemami.com

    ResponderExcluir
  8. Que legal esse post!
    Tua filhota deve ser uma figura! e a "julgar" pela foto ( e pelos "causos"), ela parece sapeca ;)

    Gostei das dicas ali no finalzinho.

    Beijos!
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  9. Muito bom aprender com mães de filhotes mais velhos...já está guardadinho aqui para o futuro. Ótima sua atitude em relação a filhota.
    Bjs!
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  10. Que menina determinada!! A minha também é assim. acho o máximo, mas as vezes, sofro nas mãozinhas dela... tem que ter medidas também, né???

    Adorei as dicas que vc dá no fim do post... são coisas que devemos sempre nos lembrar...

    Beijos.
    Ninon.
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  11. nunca tive coragem de fazer isso que sua filha está fazendo na foto, sempre tive medo, mais no dia em que minha irmã caçula pediu, incentivei bastante não passando meu medo para ela. E acredito que com meu filho tb consigo fazer o msm.
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  12. Gostei do post. Parabéns pela filhota linda e independente.
    E que adulto foi esse que "atacou" uma criança? Têm pais que perdem a noção. Na escola do meu filho teve uma situação parecida e eu fiquei horrorizada.
    Beijos
    #amigacomenta

    ResponderExcluir
  13. Oiii,

    É um orgulho só perceber como eles estão se tornando pessoinhas grandes cheias de raciocinio, quereres, saberes e tudo mais, né?? hehehe

    bjo!

    Loreta #amigacomenta;)
    @bagagemdemae

    ResponderExcluir
  14. Adorei as dicas, e acho q eu sou muito exigente com meu filho.

    Beijos,
    Ana Carolina
    #amigacomenta
    http://loucuramaterna.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Ela deve ter muiiiita energia,aja fôlego...hehehehe
    #amigacomenta

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!!
Deixe sua mensagem, dúvida ou opinião, que ficarei muito feliz em responder!