Primeiro livro lido!

Já comentei por aqui que Bia estava começando a ler! Fico muito feliz pois sei que é uma conquista dela, eu como professora prezo muito a construção do conhecimento pela criança e por mais que todo mundo fale que por ser filha de professora ela deve ser muito estimulada, repito aqui que nunca quis que minha filha pulasse etapas e nunca fiquei em casa ensinando letras e palavrinhas para ela...aproveitamos muito nosso tempo com brincadeiras e muitas risadas!
Com todo trabalho feito na escola,a leitura diária , o contato constante com textos diversos fizeram com que ela se interessasse cada vez mais pela leitura. Por onde passamos ela quer ler o que está escrito...e isso é muito gostoso!


Ontem antes de dormir,ela pegou um livrinho "Tuca,vovó e Guto" de Mary e Eliardo França e começou a ler sem ajuda!Teve alguns tropeços quando encontrava palavras com dígrafos( o que é normal),mas fiquei boba de ver como ela consegui ler o "s" e o "r" final: doceS e aRmaR sem eu nunca ter ensinado na sala de aula!!

E isso só me fez confirmar que a criança aprende mesmo quando se tem contato com leituras diárias e não precisa aprender só por etapas, como se faz em escolas tradicionais (primeiro vogais, depois o ba be bi bo bu para só depois aprender outras sílabas)... As crianças de hoje merecem muito mais que "A vovó viu a uva" ou "O boi baba"!

E só para lembrar: Faltam 10 dias para minha princesa completar 6 anos!!
Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. Melissa, fico muito contente e animada por vocês, pois a descoberta da leitura por si mesma é algo lindo e único na vida de uma criança. É bom ter quem leia pra gente, a hora do chamego e a interpretação da mãe nas leituras diárias, mas nada se compara ao fascínio e autonomia de uma pequena (o) ser capaz de abrir um livro e se aventurar sozinha (o) pelo texto. Das coisas mais preciosas da vida. Parabéns e boa sorte para a pequena nas muitas leituras que virão :)

    ResponderExcluir
  2. Mel,
    este momento em que eles desvendam as letras (lembra-se de O menino que aprendeu a ver, de Ruth Rocha?) é encantador, mágico, sem igual né? Para nós alguns livros de Mary e Eliardo França tb foram parte desde começo, em especial o fofo Dia e noite!
    "De dia eu posso brincar, mas de noite eu posso sonhar"
    E eu não faço ideia do quanto esta emoção se multiplica quando a mãe é tb educadora! Lindo!

    ResponderExcluir
  3. Melissa, que alegria! Por aqui eu tive mtas dificuldades com a Sofia, com essa fase do ba be bi bo bu bão... isso me irrita pq ela precisa ler textos no Para Casa q não tem coisas q ela aprendeu, mas daí eu, no meu jeitinho de mãe, vou tentando ensinar. Ainda assim tem mtas sílabas q ela esquece e agora ela tá entendendo o 'n' entre consoantes, por exemplo. Mas sim, é uma vitória pra gente ver q eles estão conseguindo! Parabéns!
    (PS: por aqui o ensino é tão tradicional q tem a ficha q ela copiava TODOS OS DIAS, no início do ano, com o alfabeto inteiro + BH, dia, mês e ano, nome da escola, da professora e dela. Eu achava a maior ignorância, pq qndo perguntava se ela sabia o q estava escrevendo, a resposta ÓBVIA era "Não". Hj ela já consegue ler...)
    BGeijos

    ResponderExcluir
  4. Melissa, li a notícia no Pequenos Leitores, demorei mas cheguei para dar os parabéns. Cada etapa dos nossos pequenos é um prazer a vivenciar . Que lindeza!

    ResponderExcluir
  5. Oi Melissa, que momento emocionante e ótimo pra recordar. As minhas meninas leram muitos livros dessa coleção, mas o primeiro livro foi o Mico Maneco.
    Beijos
    Chris
    Http://inventandocomamamae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Tá nosangue e qdo tem que ser é.
    Parabéns Bia e continue assim.
    Bjus

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita!!
Deixe sua mensagem, dúvida ou opinião, que ficarei muito feliz em responder!